Na marginal???

Hoje o jornal gratuito "Metro" apresenta nas GORDAS a seguinte notícia:

"8765 condutores a mais de 200 Km/h
Os instrumentos de controlo de tráfego da Estradas de Portugal não servem para passar multas. Mas medem velocidade: os dados estão na internet e basta fazer as contas aos excessos desde Janeiro."

Das vias com mais excessos desde Janeiro está a IC32 que liga Coina ao Barreiro com 1253 casos de veículos a circularem a mais de 200 Km/h e ~mais de 700.000 a mais de 120. No segundo lugar está a Nacional 6, sim a MARGINAL, onde por lei não se pode circular a mais de 70 Km/h e que apesar de ter 2 faixas de circulação para cada lado não tem a mínima configuração para grandes aceleradelas. Nesta, a EP tem o registo de 675 veículos a mais de 200 Km/h!!

É de loucos!!

Depois há uma conversa de um Eng. Francisco Salpico do observatório de Segurança das Estradas e Cidades que diz que "mais do que salientar a velocidade máxima permitida por lei é importante notar a "velocidade de tráfego, ou seja aquela a que a segurança está garantida". "A velocidade máxima não é um valor absoluto. Nas AEs a velocidade de tráfego são 148 Km/h e não os 120 permitidos por lei", continua. Mas "qualquer condutor que exceda os 155 Km/h deve ser punido", diz, "pois está a pôr em perigo a sua vida e a dos outros". "

O que é isto? A lei diz uma coisa, mas só se deve punir quem prevarica um pouco mais para além do que diz a lei? E entre os 120 e os 155?? é a tolerância académica (nome que davamos aos 15 minutos de atraso às aulas, pois não havia intervalo definido)??

Não encontrei estes dados no site da EP , mas reparei que existe um registo de reclamações. Já sabem onde o poderão fazer.

E já agora aproveitam e preencham o inquérito da FPCUB e enviem-no de volta. Já preenchi o dito mas não o consigo devolvê-lo :o( parece ser demasiado pesado! (7 MB)

2 comentários:

f.ericsson disse...

Obrigado pelo post Gonça. Este tema já estava em minha mente a muito e você achou dados importantes. Como uso a Marginal em meu deslocamento para o trabalho (há dias na semana que volta para casa após as 22:00h) o excesso de velocidade é um dos motivos que me levam a andar sobre o passeio. Mas vou escrever mais lá no meu blog(zinho).
Abraço. Fabio

Gonças disse...

Ui...marginal e de noite!
Até porque nem imagino o que é dar 200Kms/h numa estrada como a marginal. Só pode ser de noite, i.e. fora das horas de ponta!
é insano!