Se a bicicleta não é para todos...então não será para ninguém

Post que aconselho lerem

2 comentários:

Rui Salvaterra disse...

Esta emotiva narrativa demonstra como a bicicleta é um meio de democratização e de sociabilização e aqui particularmente a evidência de valores solidários. Sem duvida um exemplo de humildade, quanta gente não tem bicicletas apodrecendo de inércia em despensas e garagens, enquanto muitos outros poderiam delas desfrutar.

Gonças disse...

É não é?
Daí a lógica de uma oficina comunitária!
abraço